PUBLICIDADE

terça-feira, 11 de março de 2014

LIXO PURO


Não se trata de investir na realização de um ótimo futebol, mas de convencer o grande público de que o que ele assiste é um ótimo futebol. Por pior que seja o futebol assistido, ao público, convencido por maciça propaganda, parecerá maravilhoso.

Dirigido por empresários e dirigentes inescrupulosos e técnicos medíocres, os jogadores atuais não sabem fazer gols; apenas evitam tomar gols, o que qualquer cabeça de bagre consegue, uma vez que na equipe adversária não há quem possua habilidade para fazê-los. Técnicos temem perder os empregos e julgam que a melhor estratégia para mantê-los é não perder partidas, antes que ganhá-las. Empresários e dirigentes querem lucro fácil e apostam na deseducação do público.

De resto, o fenômeno que se verifica no futebol não é exclusivo dele. Também não se trata de produzir boas bebidas ou músicas, mas apenas de convencer o público de que são boas, por mais intragáveis que sejam. Dos chutões dos cabeças de bagre a pseudo obras de arte, é bem mais lucrativo vender mediocridades como se fossem peças de ouro que gastar tempo e dinheiro para refinar o gosto. 
 
Recentemente, vi uma reportagem de num famosíssimo museu da Europa, onde, num requintado salão branco, um pequeno amontoado de entulho de construção venerado como a fina flor da arte. 
 
Lixo puro!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...