PUBLICIDADE

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

FINAIS DO CAMPEONATO BAIANO DE BASQUETE ADULTO MAUSCULINO 2014

Depois da conquista da Taça Governador do Estado pela equipe sub 17, agora é a vez da equipe adulta tentar trazer mais um título para o basquete de Senhor do Bonfim, o time comandado pelo técnico Paulo Muricy viaja nesta sexta 12/12 para a capital baiana onde iniciará a luta por mais esta conquista.

Além da LBB, participam também as equipes do E.C VITÓRIA/ FACULDADE 02 DE JULHO, PETROBAHIA/UNIRB/TBJ e o ILHÉUS/VIP. Os jogos acontecerão de sexta a domingo na CASA DO BASQUETE no Clube ADELBA.

domingo, 7 de dezembro de 2014

BASQUETE SUB 17 DA LBB CONQUISTA BI CAMPEONATO DA TAÇA GOVERNADOR DO ESTADO


A equipe de basquete sub 17 da LBB conquistou este final de semana em Salvador  o bi campeonato da TAÇA GOVERNADOR DO ESTADO, a competição reúne as melhores equipes da Bahia dentre as quais equipes de Vitória da Conquista, Porto Seguro e Salvador, que chegaram até esta fase vencendo as etapas em suas respectivas regiões, a LBB por sua vez venceu e representou muito bem a Região Norte.

Não é de hoje que o basquete em Senhor do Bonfim conquista títulos e com certeza muitos ainda virão, graças ao trabalho sério desenvolvido pela diretoria, atletas e comissão técnica.

É bom deixar claro, que não se trata apenas de amor e dedicação a uma modalidade tão pouco valorizada em Senhor do Bonfim, más sim o fato de enxergar no esporte uma poderosa ferramenta de inclusão social e construção da cidadania, onde todos tem vez e podem participar sem precisar se preocupar com qualidade técnica, até por que em primeiro lugar deve vir a formação do cidadão o restante é apenas o resultado de um bom trabalho e dedicação de cada um.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

BONFIM NAS FINAIS DA TAÇA GOVERNADOR DO ESTADO DE BASQUETE SUB 15 E SUB 74

 
As equipe de basquete sub 15 e sub 17 de senhor do Bonfim,seguem nesta quinta-feira 04/12 à tarde, para a capital baiana, ambas as equipe irão participar das finais da TAÇA GOVERNADOR DO ESTADO DE BASQUETE que começam nesta sexta-feira, também participarão equipes de Porto Seguro, Vitória da Conquista e Salvador.
É grande a expectativa para a conquista de mais títulos pelo basquete de Senhor do Bonfim, as equipes se preparam durante a semana para fazer bonito e representar bem o esporte bonfinense.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

BASQUETE BONFINENSE CONQUISTA SEGUNDO LUGAR NOS JOGOS ABERTOS DO INTERIOR 2014

No último final de semana aconteceu na cidade de Vitória da Conquista, as finais dos Jogos Abertos do Interior organizados pela SUDESB, o basquete masculino de Senhor do Bonfim marcou presença representando a Região Norte do estado, e fez bonito, com uma equipe jovem formada basicamente por atletas formados na escolinha da LBB, os bonfinenses deram trabalho, venceram na primeira fase da competição equipes fortes como Feira de Santana e Caetité e na semifinal venceu a experiente equipe de Conceição do Coité foi uma verdadeira maratona de jogos.

Na final da competição, perdeu para a forte e experiente equipe de Lençóis por 54 a 36, que além de contar com excelentes jogadores, teve no seu plantel três jogadores da Academia TBJ de Salvador, inclusive o ex atleta da LBB que atualmente defende a equipe Soteropolitana Arthur Vasconcelos.

Foi um grande jogo que serviu para dar experiência a jovem equipe de Bonfim que ainda vai dar muito o que falar no basquete da Bahia.

Parabéns Lençóis pela conquista e parabéns guerreiros da LBB por representar tão bem o esporte bonfinense, ratificando a condição de modalidade esportiva coletiva que mais tem conquistado títulos nos últimos anos em Senhor do Bonfim.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

BASQUETE BONFINENSE EM BUSCA DO TÍTULO GERAL DOS JOGOS ABERTOS 2014.


 
O basquete masculino de Senhor do Bonfim viaja nesta quinta-feira dia 20/11 para a cidade de Vitória da Conquista, onde estará participando de 21 a 23 das finais dos JOGOS ABERTOS DO INTERIOR 2014 a equipe bonfinense se qualificou para esta fase, graças à conquista do Zonal da Região Norte que aconteceu na cidade de Juazeiro.

Senhor do Bonfim está na Chave B juntamente com Caetité e Feira de Santana, as equipes jogam entre si, se classificando duas para as semifinais onde enfrentarão as equipes de do Grupo A, composto pelos donos da casa, Lençóis e Conceição do Coité, a disputa no basquete masculino promete ser umas das mais emocionantes e equilibradas dos jogos, graças à qualidade técnica das equipes classificadas.

Senhor do Bonfim estreia contra Caetité nesta sexta-feira as 20:00 horas, o jogo acontecerá no Ginásio de Esportes do IFBA.

Os Jogos Abertos do Interior são promovidos pelo Governo Estadual, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), em parceria com as prefeituras.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

BAHIA CONQUISTA SEIS MEDALHAS NOS JOGOS ESCOLARES DA JUVENTUDE EM JOÃO PESSOA


Foto_Marcela AssisCom o bronze conquistado pela equipe masculina de futsal, o Estado somou seis medalhas: uma de ouro, três de prata e duas de bronze na etapa de 15 a 17 anos, dos Jogos Escolares da Juventude, que foram realizadas de 06 a 15/11 em João Pessoa (PB). Os jogos são realizados pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e a participação baiana teve o apoio da Sudesb. 

A última medalha baiana nos jogos veio nos pênaltis. Após perder para o Mato Grosso nas semifinais, a equipe masculina de futsal (Colégio Integral) venceu os donos da casa e garantiu o terceiro lugar, da terceira divisão, da competição. Destaque para o goleiro Diego, que fechou o gol e foi decisivo nos pênaltis, quando agarrou duas cobranças que definiu o resultado de 4 a 2. 

As conquistas baianas foram na natação (ouro no revezamento 4x50m nado livre com Cauã Vinicius do Colégio Integral, Windson Filho do Colégio Salesiano Dom Bosco, Bruno Guimarães do Colégio São José e Enzo Esteves do Colégio Perfil; e duas pratas no 50m e no 100m nado livre de Cauã Vinicius) e no judô (prata com Lucas Aranchipe do Colégio Marista e bronze com Rafael Correia do Colégio Marista), além do bronze no futsal masculino. Foto_Marcus Carneiro
O evento - realizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) - durou 11 dias e contou com cerca de 4 mil alunos/atletas na disputa de 13 modalidades: atletismo, basquete, ciclismo, futsal,  ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei,  badminton e xadrez. Da Bahia, 165 pessoas, entre alunos-atletas, técnicos e dirigentes, viajaram para capital paraibana em busca de ascensão no esporte. 

As competições foram organizadas e realizadas pelo Comitê Olímpico Brasileiro, correalizadas pelo Ministério do Esporte, com apoio do Governo do Estado da Paraíba e da Prefeitura de João Pessoa.  O Governo da Bahia, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb), além de ter realizado as seletivas, disponibilizou as passagens aéreas para todos os integrantes da delegação baiana.
 
 
  Fonte: Ascom/Sudesb

domingo, 16 de novembro de 2014

CLÍNICA INTERNACIONAL DE BASQUETE ACONTECE EM SALVADOR


CURSO DE RECREAÇÃO, LAZER E EDUCAÇÃO MOVIMENTA SENHOR DO BONFIM


Acontecerá nos dias 29 e 30 de novembro em Senhor do Bonfim o Curso RECREAÇÃO, LAZER e EDUCAÇÃO, Promovido pela BS SPORTS, será ministrado pelo Professor Maurício Leandro o "Tio Choquito", e terá como público alvo Estudantes e Professores de Educação Física, Turismo, Hotelaria, Pedagogia e Terapia Ocupacional e também para interessados em ingressar na área de lazer e recreação, Monitores de Programas Sociais (Segundo Tempo, Mias Educação, Esporte e Lazer da Cidade, Pró jovem e outros), Atletas, Ex-atletas, Técnicos, Dirigentes, Desportistas, Amantes do Esporte e público em geral.

Trata-se de um curso muito importante e que trará muita bagagem e vem para somar os conhecimentos de quem milita nestas áreas, mesmo aqueles que acham que já sabem tudo, não custa lembrar que todo conhecimento é sempre bem vindo e quanto mais melhor.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

8 COISAS QUE SE APRENDE NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR



Desde o Ensino Infantil até o fim do Ensino Médio as aulas de Educação Física fazem parte do cotidiano dos alunos das escolas públicas e privadas do Brasil. Para a maioria das pessoas, o tal senso comum, a finalidade única da disciplina é fazer exercícios e ensinar regras de diferentes modalidades de esportes. Mas é muito mais do que isso. Além dos benefícios físicos da prática esportiva, a Educação Física pode desenvolver competências e habilidades sociais, psicológicas, motoras e cognitivas!

1) Desenvolver habilidades cognitivas

Várias habilidades como raciocinar, planejar, exercitar a memória, compreender situações, linguagens e estratégias e resolver problemas precisam ser desenvolvidas. A melhor fase para trabalhar essas capacidades do aprendizado (cognitivas) é na infância. Embora as habilidades motoras sejam o aspecto aparente mais trabalhado, é possível estimular o raciocínio por meio das atividades. Em brincadeiras de arremesso com bola, por exemplo, pode se exercitar a precisão de movimentos e a memorização.
2) Respeitar o corpo

 Uma boa aula de Educação Física deve mostrar, antes de mais nada, a importância de se ter um corpo saudável, com habilidade para executar movimentos. Ela deve mostrar também como os exercícios físicos, praticados de forma correta, sem exageros, podem ajudar nesta empreitada. Na fase da adolescência essa conscientização deve ser ainda mais trabalhada. Deve ficar claro que a malhação não pode ter como única finalidade a estética. O aluno do Ensino Médio não tem paciência para a Educação Física. Ele busca outras coisas como ficar sarado. Nem todo professor de academia está preparado pra orientar corretamente os exercícios. E às vezes chega a recomendar certos 'suplementos' perigosos.
3) Aumentar a autoestima

Do ponto de vista físico, o exercício libera hormônios que causam bem-estar. Do psicológico, aumenta a confiança e diminui a timidez. Muitas vezes uma criança percebe que com esforço e trabalho diário poderia evoluir no esporte ganhou mais confiança no resto da vida. O esporte surgiu na vida do garoto como uma nova possibilidade, mas mesmo não se tornando um atleta, a nova perspectiva foi positiva. Com esse aumento da autoestima ele ficou mais responsável na escola e mudou seu comportamento.

4) Trabalhar o equilíbrio emocional 

Ganhar, perder, errar, jogar com a incerteza... são situações comuns na vida. A boa Educação Física deve desenvolver o controle psicológico dos alunos sob a adversidade. A pessoa precisa aprender a lidar com o sucesso e o fracasso. Não é só no esporte que precisamos ter controle. Mas como isso pode ser trabalhado nas aulas? É preciso criar situações em que os alunos tenham de lidar com a frustração. Terminar um jogo assim que uma equipe faz um ponto a mais, e até montar times mais fortes que o outro, propositalmente.
5) Reconhecer o outro e saber compartilhar

Uma das primeiras coisas que se aprende na escola é a lidar com a existência do outro - o colega, o professor, o funcionário. Aquele outro ser que não satisfaz os desejos prontamente. Esse reconhecimento não é fácil pois, nos primeiros anos do ensino infantil e fundamental, as crianças ainda passam por um período conhecido como egocentrismo infantil. É importante mostrar para criança a importância de compartilhar as coisas. Um exemplo é o "pega-pega corrente". Na brincadeira, quem é capturado pelo pegador dá a mão para ele e passa a pegar os outros junto. Cada um que é pego aumenta a corrente. À medida que o cordão aumenta, a bagunça começa. Quanto maior a corrente, mais desordenada ela fica.

6) Trabalhar em grupo

O ser humano é o animal que mais depende de seu semelhante pra sobreviver. Justamente por isso, precisa estar apto a trabalhar em equipe. Tanto no futebol quanto na vida é preciso aprender a dividir as tarefas e as responsabilidades. Quanto maior a comunicação do grupo, melhor o resultado.

7) Desenvolver a autonomia

Tomar decisões, se impor, fazer escolhas, ou seja, saber se virar é indispensável na vida de qualquer pessoa. Por meio da Educação Física é possível envolver os alunos em várias situações que desenvolvem essa competência. A autonomia promovida pela Educação Física também pode servir para melhorar o convívio social de deficientes intelectuais. Desenvolve também a autonomia nessas pessoas com inteligência abaixo da média, que têm dificuldades comunicativas, de cuidados pessoais e outras aptidões sociais.

8) Estimular a criatividade 

O que move o mundo é a criatividade. Se não formos criativos não evoluímos. A criança que elabora diferentes formas de fazer uma tarefa tem mais repertório pra enfrentar situações adversas. É muito importante trabalhar movimentos criativos na Educação Física desde o ensino infantil. Nos primeiros anos do ensino fundamental é necessário trabalhar a diversidade do movimento. Quanto mais você estimular a criança mais ela vai te surpreender. Uma pessoa criativa com o corpo não necessariamente é uma escritora criativa. A criatividade deve ser estimulada em todas as áreas.


quinta-feira, 13 de novembro de 2014

HABILIDADES MOTORAS FUNDAMENTAIS E A AULA DE EDUCAÇÃO FÍSICA



O desenvolvimento motor é importante para a educação física. Aspectos incorporados ao desenvolvimento motor como aptidão física voltada para saúde e desempenho motor e habilidades motoras fundamentais e especializadas deveriam ser relevantes para aulas de Educação Física.

As habilidades motoras fundamentais são as capacidade de o indivíduo explorar os potenciais motores de seu corpo movimentando-se através do espaço (locomoção), domínio da musculatura que o habilita a suportar a força da gravidade (estabilidade) e a capacidade de manipular com eficiência os objetos (manipulação). A criança deverá desenvolver estas habilidades no período dos 2 (dois) aos 6 (seis) anos de idade. Segundo Gallahue e Ozmun (2001) o domínio das habilidades motoras fundamentais é básico para o desenvolvimento motor de crianças.

As habilidades motoras podem ser caracterizadas de três formas: de estabilidade, locomotoras, manipulativas.

  • As habilidades motoras de estabilidade são "padrões motores que favorecem a obtenção e a manutenção de equilíbrio do individuo". As atividades mais consideradas são: movimentos axiais, rotação corporal, desvio, equilíbrio em um só pé, caminhada direcionada e apoios invertidos.
  • As habilidades motoras de locomoção compreendem "os padrões motores que permitem a exploração através do espaço". Estas atividades são: caminhada, corrida, salto de uma altura, salto vertical, salto horizontal, saltito, galope e deslizamento, pulo e salto misto.
  • As habilidades motoras de manipulação são os padrões motores que permitem contato motor rudimentar e refinado com objetos. As atividades são rolamento de bola, arremesso supramanual, ato de apanhar, chute, ato de aparar, ato de rebater, drible e voleio.

 A fase motora fundamental de desenvolvimento segue uma seqüência que pode ser subdividida em estágios. Os estágios podem ser classificados em inicial, elementar e maduro, isto é, as habilidades motoras fundamentais manipulativas, estabilizadoras e locomotoras podem ser classificadas dentro de estágios ou seguem um desenvolvimento seqüencial, isto significa que as habilidades da criança não surgem de repente, mas respeitam a um seguimento.

A criança normal segue a esta seqüência e recebe influência tanto da maturação, quanto da experiência.

Portanto é muito importante que o professor possibilite as crianças o maior número de experiências possíveis para que a mesma desenvolva tarefas motoras de maneira eficaz. Estas experiências devem ser compostas pelas atividades descritas acima.

É importante lembrar que o professor tem que reconhecer em que estágio se encontra o padrão de desenvolvimento motor da criança, para tal é necessário que o professor avalie o aluno.
Fonte: www. educacaofisicaa.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...