PUBLICIDADE

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

A DECADÊNCIA DO ESPORTE AMADOR BAIANO

Segundo a programação, este final de semana (sexta a domingo) acontece na cidade de Juazeiro Norte da Bahia, o segundo zonal 2013 dos JAI - Jogos Abertos do Interior, muitos dizem que é a maior competição do esporte amador do estado, más cadê essa grandiosidade, que ninguém vê? Com certeza um dia foi a maior competição, más a cada ano que passa vem perdendo essa importância e parece que está sendo feito apenas por fazer, cadê a divulgação deste "Grande evento" que ninguém vê? a não ser no site da SUDESB o que é muito pouco em se tratando de um evento a nível estadual.

Sem contar que o número de cidade participantes é insignificante se comparar o grande número de municípios da região que poderiam participar, é pela falta de divulgação e pelos motivos já citados neste blog veja no link: http://esporteescolarsb.blogspot.com.br/2013/09/sera-o-fim-dos-jogos-abertos-do.html?showComment=1381168082136#c3805068353050571782, que os JAI e consequentemente o esporte baiano estão em decadência.

Segundo informações em Guaratinga foi um festival de WO's, que quase comprometeram os jogos, tomara que em Juazeiro seja diferente.

Não entendo a frase do Diretor de fomentos da SUDESB no post sobre os jogos que está hoje no site da entidade: "Lamentamos as ausências dos municípios de Jaguarari, Campo Formoso, Senhor do Bonfim e Miguel Calmon, que tradicionalmente participam dos jogos e este ano perderam a oportunidade de disputarem essas competições". Por que será essa ausência?

Em um estado que faz parte de um  país que sediará as duas maiores competições esportivas do mundo, neste momento deveria usar este evento como ferramenta para incentivar a pratica das modalidades e o surgimento de novos atletas, um evento que se realmente fosse levado à serio pela organização, poderia ser uma vitrine acompanhado pelos representantes das Confederações esportivas do Brasil e olheiros das modalidades olímpicas, afim de identificar novos talentos com é feito em países que são potências olímpicas como China, Rússia, Estados Unidos e até mesmo pelos que ainda não são potências, más que pretendem  ser um dia e vêem o esporte com outros olhos.

Diferente do nosso país, onde  tudo é feito "nas coxas", e os resultados obtidos em competições são quase sempre pelo esforço individual e luta dos atletas dentro e fora das competições,do que propriamente do apoio que estes recebem, em nosso estado não é diferente, depois que os atletas conseguem alcançar os resultados e que recebe algum apoio, o que na verdade deveria ser o contrário, o apoio deveria vir primeiro.

O esporte é uma ferramenta poderosa de inclusão social e construção da cidadania, nem todo garoto ou garota que praticam uma modalidade esportiva hoje, será um atleta profissional no futuro, más se o mesmo receber o apoio e incentivo devido com certeza no futuro se tornará um cidadão.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...